segunda-feira, 16 de abril de 2012

Na 2ª semana de abril de 2012, a balança comercial registrou superávit de US$ 12 milhões,

Na 2ª semana de abril de 2012, a balança comercial registrou superávit de US$ 12 milhões, resultado de exportações no valor de US$ 4,848 bilhões e importações de US$ 4,836 bilhões. No mês, as exportações alcançaram US$ 8,226 bilhões, e as importações US$ 8,506 bilhões, com saldo negativo de US$ 280 milhões. No ano, as exportações somam US$ 63,306 bilhões, as importações, US$ 61,149 bilhões, com saldo positivo de US$ 2,157 bilhões.

Nas exportações, comparadas as médias até a 2ª semana de abril/2012 (US$ 914,0 milhões) com a de abril/2011 (US$ 1,062 bilhão), houve queda de 13,9%, em razão da retração nas exportações das três categorias de produtos:

Semimanufaturados (-19,1%, de US$ 136,2 milhões para US$ 110,2 milhões, por conta de açúcar em bruto, alumínio em bruto, óleo de soja em bruto e couros e peles).

Básicos (-17,3%, de US$ 543,0 milhões para US$ 449,2 milhões, por conta, principalmente, soja em grão, farelo de soja, fumo em folhas, café em grão, minério de ferro, carne de frango e suína) e manufaturados (-5,7%, de US$ 356,8 milhões para US$ 336,6 milhões, em razão de aviões, automóveis, veículos de carga, máquinas e aparelhos para terraplanagem, laminados planos e autopeças).



 Relativamente a março/2012, a média diária das exportações decresceu 3,8% (de US$ 950,5 milhões para US$ 914,0 milhões), devido à retração em básicos (-2,5%, de US$ 460,8 milhões para US$ 449,2 milhões).  

Manufaturados (-6,3%, de US$ 359,2 milhões para US$ 336,6 milhões), enquanto cresceram as vendas de semimanufaturados (+1,0%, de US$ 109,1 milhões para US$ 110,2 milhões). 

   Nas importações, a média diária até a 2ª semana de abril/2012, de US$ 945,1 milhões, ficou 1,9% abaixo da média de abril/2011 (US$ 963,8 milhões) e 10,1% superior a março/2012 (US$ 858,7 milhões). No comparativo com abril/2011, diminuíram os gastos, principalmente, com adubos e fertilizantes (-33,6%), borracha e obras (-27,7%), veículos automóveis e partes (-7,2%), farmacêuticos (-6,9%), químicos orgânico-inorgânicos (-3,9%), aparelhos eletroeletrônicos (-3,3%) e plásticos e obras (-2,5%). Em relação a março/2012.
Com acréscimo, principalmente, nos seguintes produtos:
Combustíveis e lubrificantes (+39,9%)
Cobre e suas obras (+21,8%)
Veículos automóveis e partes (+13,8%)
Aparelhos eletroeletrônicos (+12,4%)
Equipamentos mecânicos (+7,0%).
Fonte MDCI




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Saudações!!!

As 10 Bandeiras Mais Bonitas A.L.

Livros Sugeridos...

  • Plano B 4.0 Revisto e Ampliado; Lester R. Brown. Coeditores da Edição Brasileira; Bradesco, Ideia Sustentável, New Content
  • O Mercado de Ações em 25 Episódios; Paulo Portinho.Editora Elsevier
  • O Jeito de Warren Buffett de Investir. Os Segredos do Maior´Investidor do Mundo. Hagstrom Robert G/ Saraiva
  • O Homem mais Rico da Babilônia; George S. Clason
  • O Tao de Warren Buffett de Investir. Devis Clack/ Marry Buffett

Google+ Followers

IIMV.ORG

AGENDA DIVIDENDOS 2017...

APOSENTADORIA MBA 2017

APOSENTADORIA MBA 2017
INFORMACÕES

Cidade de São Paulo

Heringer

JURÍDICO OLIVEIRA LIMA 2017

JURÍDICO OLIVEIRA LIMA 2017
INFORMAÇÕES...

B3

B3
Bolsa de Valores do Brasil

Petrobras

Portal das Mulheres

Portal São Paulo

APIMEC

Reuters

GO Lima

GO Lima
Portal de Goiás

Touro

VEDUCA

VEDUCA
MBA, Universidades & Certificados

VIDA E DINHEIRO